Criando e contando histórias!...

Criando e contando histórias!...

Blog Literário


O objetivo deste Blog consiste na divulgação de textos literários e de atividades de contação de histórias da escritora Kate Lúcia Portela. Além do desejo de encantar, empolgar, emocionar, cativar, informar, formar, reformar e transformar este blog tem a finalidade de incentivar a prática da leitura prazerosa!... Aproveite o ensejo para conhecer um pouco mais sobre essa escritora, acompanhando algumas de suas atividades artísticas e culturais. Vale a pena conferir!...



quinta-feira, 3 de junho de 2010

Poema da Fidelidade

Meu amor não cabe no poema.
Extravasa os versos,
Subverte as estrofes,
Confunde a métrica!...

Meu amor não cabe no poema.
Não quer a Lira,
Dispensa o Trovador,
Silencia o recital!...

Meu amor não cabe no poema.
Meu amor não cabe em mim.
Meu amor não tem cabimento!...

Meu amor
... só cabe a você!...

4 comentários:

Clara disse...

Que coisa mais linda! Falar de amor de forma tão espontânea e nada "piegas". Continue nos presenteando com poesias. Bjs. Clara.

Ivy disse...

Meu amor não cabe nas lágrimas que rolaram no meu rosto ao ler esses versos tão lindos. Kate, você é iluminada. Um grande beijo!!!

Kate Lúcia Portela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kate Lúcia Portela disse...

Queridas Clara e Ivy, removi o comentário acima para poder responder a cada uma de vocês.

Clarinha,


De fato, a poesia é um presente, sobretudo quando consiste em verdadeiras declarações de amor!... Recentemente, tive a oportunidade de ler o livro da pesquisadora PRIORE (2006), intitulado "História do amor no Brasil" e concordei com a sua visão de que o sentimento dos que amam é praticamente inexprimível, salvo pela literatura ou pela poesia, em especial. Já ouvi, em uma música, a afirmação de que amar é a mais sensata loucura...
Obrigada pelas palavras amigas, que tanto me motivam a 'pensentir' o amor!...
Beijos!


Ivy,

Um poema realmente abre as portas de nossa sensibilidade. Suas lágrimas comprovam que a mais bela poesia está dentro de você!...
Você me cativou com a sua doçura e carisma!
Abraços!