Criando e contando histórias!...

Criando e contando histórias!...

Blog Literário


O objetivo deste Blog consiste na divulgação de textos literários e de atividades de contação de histórias da escritora Kate Lúcia Portela. Além do desejo de encantar, empolgar, emocionar, cativar, informar, formar, reformar e transformar este blog tem a finalidade de incentivar a prática da leitura prazerosa!... Aproveite o ensejo para conhecer um pouco mais sobre essa escritora, acompanhando algumas de suas atividades artísticas e culturais. Vale a pena conferir!...



domingo, 28 de março de 2010

O boletim da vida!...

Aquela era a última aula do ano. O professor estava entregando os boletins ao alunos. Leandro estava ansioso. Prometeu-se uma premiação. Leandro desejava as palmas da plateia.
― Quem ganhou a medalha, professor?
― Calma, Leandro. Será uma surpresa...
Quando Leandro fitou o seu boletim, ele sentiu um orgulho inebriante de si mesmo.
― “A”, “A”, “A” e “A”!!! Eu sou realmente o melhor aluno desta sala!
Leandro era muito inteligente, porém também era arrogante e presunçoso.
― A medalha é minha, seus manés!
No entanto, o professor mostrou duas medalhas aos estudantes.
― Esta é a medalha sua medalha, Leandro.
― E a outra, professor? De quem é? ― perguntou uma aluna.
O mestre queria estimular a reflexão dos alunos.
― Que conceito vocês fazem de seus colegas de classe?
Os alunos fizeram um ar de interrogação.
O professor entregou uma ficha aos estudantes.
― Vocês vão eleger o Amigo “A”, na opinião de vocês.
― Mas o que é o Amigo “A”, professor? ― quis saber o aluno mais jovem.
O mestre sorriu.
― Um amigo verdadeiro, uma pessoa virtuosa.
Os estudantes preencheram a ficha. O professor apurou o resultado da votação. Pedro, um aluno simpático e carismático, foi eleito o Amigo “A” pelos colegas de classe.
O professor estava no centro da sala.
― Venha cá, Leandro.
O mestre colocou a medalha em Leandro.
― Um aluno inteligente. ― disse o mestre.
O professor gesticulou para o Amigo “A”.
― Venha cá, Pedro.
O mestre colocou a medalha em Pedro.
― Um aluno virtuoso. ― disse o professor.
O educador queria ensinar uma última lição a seus alunos.
― Leandro, dê sua mão a Pedro.
O professor estava inspirado.
― Alunos queridos, Intelecto e Virtude devem estar sempre como Leandro e Pedro: de mãos dadas!...

2 comentários:

alessandra prates ferraz disse...

É isso mesmo! Bem lembrado e bem escrito!
Bjo grande!
Alê.

Kate Lúcia Portela disse...

Querida,

Esse texto é inpirado naquela metáfora de que somos pássaros que precisam das duas asas para voar pelo sublime céu da Vida: a asa do Amor e a asa do Estudo!...
Obrigada pelas palavras de incentivo e por todo o carinho que nos une!...